0

Até depois do fim…

Leia ouvindo esse cover de Photograph- Ed Sheeran

”Acho que todo mundo passa momentos difíceis algumas vez na vida e sente vontade de desistir de tudo, mas há sempre alguma coisa que impede essa desistência. Pode ser um simples abraço de quem a gente gosta, uma conversa ou até mesmo um sorriso sincero de um estranho na Paulista, ou em qualquer lugar. Por diversas vezes, saí por aí sem rumo e voltei cheia de esperanças novamente.

Hoje vivo um momento difícil, não só hoje, mas há alguns meses um conflito chegou em minha vida. Você sabe, eu peço paz sempre, mas o caos mora em mim.

Embora bata sempre uma tristeza repentina, consigo aproveitar cada simples ato diário para acrescentar na minha esperança. Gosto de observar os outros na rua, ver os bichinhos com seus donos correndo no parque, fazer uma comida diferente e rir do resultado, coisas bobas, mas que fazem diferença no final do dia. Você é um exemplo disso. Calma, não estou te chamando de boba, não me leve a mal, querida. Quando quero me distrair, sair do caos do dia a dia, lembro-me de você, mesmo que nossa relação seja mais complicada que tudo nessa vida. Você me traz paz, pensar no que fomos me deixa melhor. Não tenho muitas coisas nossas mais, porém, ainda guardo aquela fotografia que tiramos em nossa primeira viagem, lembra?

O amor pode machucar às vezes, mas só ele nos salva dos momentos difíceis. É dele que tiro minhas esperanças para seguir em frente. Não estamos mais juntos, mas nosso amor ainda existe para mim, e sei que para você também, então só te peço que me mantenha em seu coração, ou então numa gaveta velha do seu armário e sempre que abrir, lembre-se de mim.

Porque só de te ter, um instante da minha vida, já me sinto melhor e sei que posso ser melhor ainda. Seu amor cura meu sofrimento, mesmo depois do fim.”

Alice dos S. Bachiega

Anúncios
0

será que cê pode ler a minha mente?

“Queria falar contigo, mas não ir atrás de ti. Queria que você viesse até mim, de alguma forma. É meio infantil da minha parte ficar te esperando parada bem aqui onde estou, mas é que eu ando com tanto medo de sair da minha “zona de conforto” e me quebrar por inteira como antes. Cansei de me machucar, cê sabe, né?!  Quero passar a me sentir especial de novo, como quem vai viajar e quando volta é recebido cheio de abraços e muito afeto. Quero voltar a ser feliz, transbordar amor como antigamente. Como eu sempre fui: amor. O amor pra mim é uma das melhores coisas na vida, cê sabe, eu valorizo demais quando ele existe e luto por ele até perder minhas forças. Quero voltar a lutar por ele, desde que haja reciprocidade e sei que há contigo! Você foi meu primeiro amor, meu primeiro amor que me ensinou as loucuras de amar e ser amada. Meu primeiro amor que me fez enxergar além das entrelinhas, além do céu. Me fez amar. Me fez sentir. Me fez sorrir. Me fez feliz. E sinto que você também viveu isso na mesma intensidade que eu, por isso tenho certeza da reciprocidade. Talvez ela esteja morna, talvez ela esteja machucada, mas ela ainda nos liga. Essa linha que nos liga é a reciprocidade, meu amor. Acorda, aliás, não acorda não! Sonha e vê se sonha com a gente. Quem sabe assim a gente se encontra no mesmo sonho e você percebe que eu tô aqui, te esperando. Ou senão, que tal por um passe de mágica, ou superpoder você ler minha mente e aparecer aqui pra mim? Vem, tô te querendo e cheia de saudade.”

Alice dos S. Bachiega.

2

minha vida é dEle.

“Quando mais precisei de carinho eu o conheci e a partir daí minha vida começou a mudar. Mudar pra melhor pois era só eu no mundo e passei a tê-lo perto de mim.

Ele é calmo e paciente. Qualidades que eu nunca tive. Ele sabe acalmar meu pranto e transformá-lo em bons sentimentos, algo difícil pra mim, que sempre me senti só. Mas que, com Ele, passei a sentir o mundo todo em instantes de felicidade, e passei também a me sentir mais viva, mais alegre, mais eu.

Sim, eu não me conhecia tão bem como me conheço agora que Ele chegou em minha vida. Me mostrou que ao lado dEle a maldade se afastaria sempre e que eu estarei sempre protegida e assim, meus caminhos serão belos e por mais difíceis que pareçam ser, eu suportarei todo o sofrimento, assim como Ele suportou, por mim e por todos nós.

Seu amor sempre será o maior de todos e nunca morrerá pois Ele sabe perdoar meus erros e eu só preciso existir para fazê-lo se sentir vivo. Assim como Ele para mim.

Quando eu mais precisei Ele me estendeu mão e disse “Vem minha filha, Eu estou aqui contigo, vem.”. A graça de estar viva pertence a Ele, sempre entrego minha vida à Ele pois Ele sabe o que fazer. “Eu sou do meu Amado e Ele é meu.” ”

Alice dos S. Bachiega.

ps: tranquilize seu coração ouvindo esta canção:

0

as cartas que eu não mando (1)

“Tô com saudades do teu riso frouxo depois de ouvir uma piada idiota.Tô com saudades do teu beijo suave e calmo depois de um dia tumultuado . Tô com saudades do teu sorriso cativante depois de um beijo . Tô com saudades do teu abraço apertado e do teu carinho depois de passar dias longe.  Tô com saudades do teu olhar desconfiado depois de me ouvir e não entender nada do que eu disse.Tô com saudades do teu jeitinho sacana de quem sabe o que quer e vai atrás disso. Tô com saudade de ti, meu bem, e não vejo a hora de poder te ver novamente, te tocar e poder afirmar : sou tua e de mais ninguém . Tu sabe, eu erro demais, minha insegurança sempre me atrapalha, mas contigo, eu sabia como agir e se falhei, meu bem, não foi por maldade, foi só falta de experiência, falta de paciência e um tantinho de burrice da minha parte também. Eu te escolhi pelo teu jeito bobo de me cuidar e por quem tu és . Tu sabe, se nos conhecemos foi por algum motivo bom e não acho justo desperdiçarmos isso com tempos e tempos afastados. Foram as discussões fora de hora e totalmente sem sentido que nos levaram a isso e caramba, perdemos tudo por um motivo tão pequeno. Temos muito o que aprender e surpreender  juntos, meu anjo. Sei viver sem ti, só não quero mais. Então, larga de bobeira e vem ser meu também.”

Alice Bachiega