dores de um amor passado

“Depois de tanto tempo, ontem me perguntaram de ti. Sorri e disse que estava bem. Mas na verdade, por trás desse sorriso eu quis chorar e chorar muito.

Eu sinto a tua falta e hoje somos como dois estranhos e isso dói. Dói como uma facada no peito.

Você desde sempre foi meu. Meu amor e meu melhor amigo e da noite pro dia, te perdi.

A tempestade chegou e ventou muito. E em um desses ventos, você voou para longe, bem longe de mim.

Sei viver sem ti e consigo mesmo não querendo mas é que, de vez em quando,  bate saudade e tudo volta a doer.”

Alice dos S. Bachiega

Anúncios

Um comentário sobre “dores de um amor passado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s