Nota
0

“Me esquece!” – ela grita.
“Não posso.” –  ele diz baixinho
“Porque ?” – ela diz espantada
“Não posso esquecer a minha vida, assim, do nada”  – ele diz dando um sorriso meio torto, tímido.
“… Eu te amo” – ela afirma.
“Então, não me deixe. Eu vou sempre te ajudar, eu te amo.” 
“Promete?”
“Não preciso prometer pois já estou cumprindo.”

(incompleto)

Alice Bachiega.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s